Archives

A Sandeira do Porto

No Sábado, tal como prometido, rumámos ao Porto para conhecer o Mercadinho dos Clérigos e aproveitar a inauguração de quase duas dezenas de exposições na rua Miguel Bombarda.

Pela hora de almoço farejámos algumas esplanadas em busca de uma francesinha, mas parece que os sítios mais turísticos competem pelo pior prato e, por isso, por sugestão de uma amiga, aguardámos dez minutos por uma mesa n’A Sandeira do Porto, nº 85 da rua dos Caldeireiros.

Não vos trago a última Coca-Cola do deserto, tanto que o Fugas já escreveu sobre este espaço em meados do ano passado, mas este blog não é sobre os lugares da moda, é sobre experiências. As minhas, já agora. :P Além do mais, aposto que muito boa gente fora do Porto, tal como eu, nunca tinha ouvido falar d’A Sandeira e assim aqui fica uma boa referência caso estejam numa de sandes, daquelas de se fechar os olhinhos a cada mastigadela e emitir sons orgásmicos embaraçosos. A decoração a atirar para o rústico, com o chão em paralelos e as paredes cobertas de portas de madeira, fazem da antiga mercearia do Sr. Aires um espaço acolhedor e ideal para reunir os amigos (só não podem ser muitos :P). Há menus a 5€ (sim, leram bem, CINCO EUROS = tigelinha de sopa + sande à vossa escolha + bebida). Free wi-fi e atendimento simpático, o que é que uma pessoa quer mais?

Deixo-vos três fotos que retirei da galeria do P3, só para abrir o apetite:

940x626xsandeira1

sandeira3_0-940x626

sandeira5_0-940x626

0

Comments

Casa das Caldeiras

A Casa das Caldeiras é um espaço atualmente cedido à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra onde se realizam inúmeras iniciativas culturais muito interessantes. É também um dos raros repositórios do património industrial da cidade, pelo que ainda podemos encontrar e admirar no seu interior parte da maquinaria que integrava o edifício, outrora fornecedor de energia térmica aos Hospitais da Universidade.

Casa das Caldeiras - Coimbra

Recentemente, a Casa das Caldeiras passou a ter serviço de bar. O espaço, como podem ver, é um máximo. :) Esta foto não é recente, por isso  imaginem uma data de cadeiras, mesas e sofás pretos, numa fantástica mistura entre o requintado e o industrial. Aliás, não precisam de imaginar, neste link já podem encontrar alguns registos.

Foi o almoço de Domingo perfeito. Escolhemos os hamburgers “Bacon e Ovo” e “Mozzarela”, que vieram acompanhados de umas batatas maravilhosas e respetivos molhos (um de iorgurte e outro de alho e cenas). São enormes! E deliciosos! (O pão deixa um bocadinho a desejar, confesso.) O atendimento foi simpático e o preço é bastante acessível. Vamos ter que nos controlar para não voltar lá… amanhã.

hamburger-baconeovohamburger-mozzarela